Menú Atrás Adiante Índice

 


5

 

COMA


O coma nos recém-nascidos é causado por trastornos do sistema de despertar. O sistema de despertar têm dois componentes: o sistema ativador reticular ascendente (SARA) e a cortiça cerebral. O SARA está formado por uma rede de neurônios. Esta rede de neurônios forma uma coluna central situada no tronco cerebral e duas colunas lateráis no diencéfalo (Figura 61.1). O SARA recebe informacão de múltiples áreas da medula espinhal, tronco cerebral, e cérebro. O SARA projeta à cortiça cerebral.

Figura 61.1.Sistema de despertar. SARA: sistema ativador reticular ascendente; PROY.: projeção. As lrechas retas indican as conexões aferentes ao SARA. As flechas curvas indican as proyeçõs eferentes ao SARA (SARA ENTRADA).

O coma pode produzir-se por alterações do SARA, das projeções do SARA, ou da cortiça cerebral. Cuando o coma se debe à trastornos do SARA, sua causa pode ser: (1) uma lesão pequena localizada na linha do meio no nível do mesencéfalo ou na metade superior do ponte (onde o SARA está constituído por só uma estrutura central); ou (2) uma lesão mais extensa no diencéfalo (onde o SARA está constituido por duas colunas lateráis) (Figura 61.1). O coma causado pelas lesões das fibras de projeção ou da cortiça cerebral, se produz por lesoes extensas, difusas e bilateráis no diencéfalo e nos hemisferios cerebrais.

 

Menú Atrás Adiante Índice
Plum, 1982